domingo, 12 de março de 2017

Meeting - Casa Fiat de Cultura: Prazer e Morte + Ritratti di Commercianti

2 comentários
Alou! Ultimamente tenho postado minhas atualizações sobre Lolita apenas no Vanilladrops.tumblr.com, mas esse decidi fazer por aqui também! :)

Então, hoje fomos à Casa Fiat de Cultura aqui de BH para uma visita guiada nas exposições em cartaz: "Prazer e Morte: a escultura atemporal de Marco Aurélio R. Guimarães" e "Ritratti di Commercianti", do artista visual Daniel Pinho.

Versão verão de Lolita ahuhuahua
 Eu e Caio chegamos lá mais cedo, por volta das 15:30, e aproveitamos para fazer uma visitinha ao café. Os preços (que consigo lembrar) eram de R$7.00 para o suco natural (peguei um de abacaxi com hortelã, muito gostosinho!), Pão de queijo (unidade) R$4.00, 8 mini pães de queijo a R$8.00 (eram de tamanho normal desses de forno, na verdade...) e uma fatia de bolo a R$7.00.


Bem, assim que deu 16:15 seguimos para a visita monitorada guiada pela Clarita. Ela foi um doce de pessoa conosco e bastante disposta a explicar tudo na Casa e a responder nossas perguntas! Ela também topou esperar um pouquinho para começarmos a visita, já que muita gente acabou não indo e ficamos na dúvida se acabariam aparecendo lá na hora! :(

Enfim! A primeira exposição foi a Prazer e Morte de Marco Aurélio Guimarães. Eram duas esculturas em Mármore Carrara (o material realmente importado da Itália...!) maravilhosas, com detalhes muito incríveis como textura, pressão e expressão. 


O autor das obras (que se nega a ser chamado de artista) começou a trabalhar com esse tipo de arte com 70 anos! Veja só! E, de uma obra para outra levou um timespan de 1 ano e meio. Dá pra ver a super evolução dele de uma peça pra outra, sério...


Nós ganhamos esses... "L"s negros muito legais, para observarmos detalhes nas obras. Nunca tinha parado pra pensar sobre o uso deles na concentração em detalhes das peças, e realmente faz toda a diferença! (as fotos também ficaram maravilhousas com esse trenzinho).



 Depois dessa apresentação, fomos conferir o painel do Portinari que fica em exposição na Casa e conversamos um pouco sobre urbanidade, ocupação da cidade, fauna de BH etc., Haha!


Então seguimos para a exposição de fotografias de comerciantes italianos. O trabalho é muito legal e o espaço é cedido gratuitamente pela Casa para artistas em início de carreira. Achei maravilhoso isso!


As fotos eram impecáveis, de verdade. (Mas confesso que não senti saudades da Itália, uahuahahu!)



Depois da exposição tiramos um tempinho para conversar, tirar umas fotos na escada maravilhosa do lugar. Infelizmente o café já havia fechado (eu queria muito ter comprado um pacote dos cookies que estavam lá!) e não deu tempo de juntar pra comer depois.


Enfim, foi um dia bem agradável, aprendi MUITO na exposição, deu pra conversar bastante com as meninas e aproveitar bem o espaço da casa. A experiência foi bem boa, e espero poder repeti-la logo <3

Rundown:
Headpiece: SweetDreamer饰品分店  
Blouse: Bodyline
JSK: selfmade (with pockets! )
Bag: Primark
Sapatos: Moleca
Fotos (em que eu apareço): Caio