terça-feira, 23 de junho de 2015

Filme: Jurassic World - O Mundo dos Dinossauros

5 comentários


Jurassic World - Mundo dos Dinossauros
(Jurassic WOrld

Ano: 2015
Duração: 125 minutos
Gênero: Aventura, Ação, Ficção Científica
Pontuação:  ( 5/5 )

"O Jurassic Park, localizado na ilha Nublar, enfim está aberto ao público. Com isso, as pessoas podem conferir shows acrobáticos com dinossauros e até mesmo fazer passeios bem perto deles, já que agora estão domesticados. Entretanto, a equipe chefiada pela doutora Claire (Bryce Dallas Howard) passa a fazer experiências genéticas com estes seres, de forma a criar novas espécies. Uma delas logo adquire inteligência bem mais alta, logo se tornando uma grande ameaça para a existência humana. "


Eu tinha uns 5 anos quando minha mãe me levou ao cinema perto de casa. Haviam duas salas em exibição naquele dia: Hércules e Jurassic Park 2. Ela deixou que eu decidisse pelo filme e eu, querendo bancar a durona, acabei escolhendo Jurassic Park...
Foram algumas horas de terror continuo para uma garota de 5 anos. Por minutos, que pareciam horas, desejei estar na sala de Hércules ao lado, ouvindo e cantando qualquer coisa que não se assemelhasse ao grito estridente dos dinossauros e pessoas sendo devoradas. Passei boa parte do filme de olhos fechados, mas as cenas que vi eu ainda tenho guardado na memória.

Assim que saí do cinema eu esbocei um sorriso qualquer e disse: "Adorei! Ainda bem que não fomos ver Hércules!". Minha mãe não sabe que passei algumas várias noites em claro, temendo dinossauros que pudessem invadir o meu quarto.

Foi com essa história na cabeça (e na alma) que eu decidi assistir Jurassic World bem perto da estréia. E com minha mãe de companhia.
Eu já cheguei ansiosa na sala de cinema. Antes do filme começar até rolou uma treta com uma família que estava no nosso lugar e não queria sair (os lugares são demarcados e escolhidos previamente na hora de comprar o ingresso), mas acabou que foram retirados da sala de cinema pelo lanterninha (sim, ele existe!). Então, bem, quando os primeiros dinossauros começaram a aparecer eu já estava com a adrenalina lá em cima.

O filme, enfim, é ótimo. A mistura de ação e suspense é equilibrada e não foram raras as vezes em que me vi agarrada ao descanso de braço. Os efeitos especiais não deram aquela sensação estranha de "O Hobbit" em que você começa a se questionar se você está assistindo um filme com pessoas ou puro CG. Não, Jurassic World entra na medida certa de efeito x realidade (dentro do possível para um filme sobre dinossauros lol).
Infelizmente a parte ruim de ter crescido é que aprendi a identificar os personagens importantes ou atores de relevância para a trama, o que significa que eles muito dificilmente morreriam. Por esse mesmo motivo a tensão nas suas cenas era bem mais reduzida do que nas cenas com pessoas aleatórias. Acredito que isso assinale o alto grau de previsibilidade do filme (o que não é novidade para a maioria das produções Mainstream).

Bem, o mais interessante de Jurassic World são os personagens, sem dúvida alguma. O romance leve que brota ali no meio da história (e sem muito background explicativo), a amizade entre os irmãos protagonistas e até o relacionamento do protagonista com os velociraptors foram o grande "tcham" desse filme para mim. Bem mais que os efeitos especiais ou a recriação super interessante do parque temático.
Melhor personagem, sério
Outra coisa legal é que o final não parece corrido ou apressado, como vêm acontecendo com vários filmes que chegam ao cinema. Em Jurassic World não temos a impressão de que cortaram um milhão de cenas e encaixaram o final ali por que o tempo não dava. Na verdade, o final do filme já dá as caras no meio da trama e só então vem se desenrolando com cuidado - de maneira natural.

Não, Jurassic World não é uma releitura do primeiro filme, é uma produção independente que sabe jogar bem com as referências mais nostálgicas, mas sem deixar desamparado o novo espectador. E é exatamente por isso que recomendo o filme! :)

domingo, 14 de junho de 2015

Roupas super legais que só achamos na Seção masculina infantil

8 comentários
Hoje eu fui assistir Jurassic World no cinema (e conto sobre depois que o hype interno baixar!) e acabei dando uma olhadinha nas lojas ao redor da área do cinema. Nisso fui parar na C&A e, consequentemente, na seção masculina, que sempre é INFINITAMENTE mais legal que a feminina :(

Olha só as coisas que achei por lá!






Acabou que levei uma outra de Assassin's Creed (apesar de ter desejado demais a do Rei Gelado!) com o Arno. Ele é legalzão, apesar de não ser aqueeeela Brastemp. (EHUAHEUAHHEUAHE BA DUMTSSS)

Não preciso nem falar que se fosse do Ezio eu teria levado todas né?

sábado, 13 de junho de 2015

Receita: Alfajor preguiçoso

2 comentários

Eu não sou muito fã de pão de mel, acho que muita gente sabe disso, mas em se tratando de alfajor eu sou completamente louca! <3
Daí num belo dia minha mãe aparece aqui em casa com essa receita de "Alfajor", mas MUITO mais fácil, rápida e igualmente gostosa. Quer provar? Eu recomendo demais (e tem gente que vende a unidade num palitinho por R$2,50 cada!)




Ingredientes:
1 Pacote de bolacha Maria
1 Lata de Doce de leite
1kg de chocolate amargo para confeitar

Calma! Eu sei, eu sei, parece um exagero isso tudo... Mas não! Fica uma delícia e não muito doce (apesar de eu não conseguir comer mais de dois de uma vez).

Modo de Fazer:
É mais fácil do que parece.

Passe doce de leite na parte interna das bolachas e feche-as como um sanduíche:


Derreta o chocolate numa vasilha (pode ser no microondas ou em banho maria no fogão)


Agora você tem duas opções:
a) Deixar o alfajor esfriar e o chocolate endurecer.
b) Comer quentinho e crocante, mas sujando tudo porque o chocolate está mole.


E pronto! Cá está seu alfajor de preguiçoso <3
É muito gostosinho e rapidérrimo de ser feito! Espero que goste <3