sábado, 28 de março de 2015

Kyubey da Páscoa

Nenhum comentário

sexta-feira, 27 de março de 2015

Filme: 50 Tons de Cinza

Nenhum comentário


50 TONS DE CINZA
(Fifty Shades of Grey)

Ano: 2015
Duração: 145 minutos
Gênero: Romance, Drama, Erótico
Pontuação:  *( 4/5 )

"Anastasia Steele (Dakota Johnson) é uma estudante de literatura de 21 anos, recatada e virgem. Uma dia ela deve entrevistar para o jornal da faculdade o poderoso magnata Christian Grey (Jamie Dornan). Nasce uma complexa relação entre ambos: com a descoberta amorosa e sexual, Anastasia conhece os prazeres do sadomasoquismo, tornando-se o objeto de submissão do sádico Grey. "


Ficou bem claro, desde a primeira cena, que o filme havia sido feito para pessoas que leram o livro. A desconexão de cenas e algumas várias e várias dezenas de minúcias nos gestos dos próprios atores demandava que a pessoa já tivesse conhecimento da situação porvir ou, pelo menos, da personalidade de ambos os personagens principais.

Preciso comentar que o que mais gostei no filme foram, justamente, essas várias minúcias. Estou certa de que existem muito mais, mas vou enumerar 7 aqui:

1. O início ser exatamente a mesma cena que encerra o filme:

2. Quando Anastasia morde o lápis o ator do Christian aperta os dedos levemente na mesa atrás dele:

3. Quando Anastasia coloca o lápis na boca, em  uma outra cena, e ele tem a marca de GREY na lateral:

4. Quando Anastasia quase é atropelada por uma bicicleta mas a Christian a salva. Os dois atores reencenaram a cena equivalente de Crepúsculo com uma semelhança assustadora! (Para quem não sabe, o livro foi originário de uma Fanfic de Crepúsculo):

5. Quando Ana está triste em seu quarto e, ao invés de chorar, são as gotas na janela que rolam como sombras em seu rosto:


6. O filme começar com nuvens cinzas (no mesmo tom da capa do livro):

7. Toda a introdução do filme, nas cenas de Christian, usa paleta cinza:

Agora, voltando ao filme mesmo. Existem, originalmente, duas versões disponíveis: A que foi para os cinemas, para 16 anos, e a que vem no Blu-ray, para 18 anos. A diferença está na presença das cenas de sexo que foram porcamente cortadas na primeira versão, deixando alguns vácuos de diálogo e cenas sem pé nem cabeça. Eu assisti à versão para 16 anos, mas confesso que ainda classificaria o filme para 18 anos sem pensar duas vezes.

Sobre as personagens, preciso dizer que não há Anastasia melhor do que Dakota Johnson. A atriz é espontânea, doce e capaz de (me) convencer em todas as cenas de que fez parte. A diferença na postura, na voz e na maneira de olhar da atriz vão mudando juntamente com o desenvolver da personagem. Interpretando uma Ana inocente ou uma Ana subversiva, Dakota faz parecer em  todo o filme que o submisso, na verdade, é o tal do Sr. Grey (quem leu o livro certamente teve essa mesma impressão ao longo de toda a história). Claro que talvez isso se deva não só à habilidade de interpretação da atriz, mas à passividade de Jamie Dorman, que traz um Grey totalmente apático e sem graça. Talvez porque eu esperasse algo mais Tom Hiddleston, ou Tom Cruise na época de Entrevista com um Vampiro, ou talvez por ele ser meio paradão mesmo :(

De todo modo, o filme bem que poderia ser uma Visual Novel - Otoge 18+ sem problema algum. O roteiro, as falas, a disposição das cenas são muito próximas das de um jogo nesse estilo (e ainda acredito que a autora do livro tenha jogado isso sim), e pareceu claro para mim que se tratava de um filme para alimentar o fandom ao redor da série (e do tema com seus produtos subsequentes).

Achei as filmagens maravilhosas, e os cenários escolhidos muito muito condizentes com todo o clima que circula a relação dos dois protagonistas. Vou deixar aqui algumas que realmente me chamaram a atenção:




E, enfim, é isso. O filme é uma transcrição superficial do livro (naturalmente, já que são mídias diferentes e é impossível serem iguais lol) com uma trama bastante corrida. Mas, de maneira geral, achei bem legal. Senti falta da presença dos outros personagens da história, como o José e o cara do Clayton's, que são muito importantes. Provavelmente, na busca de cortar coisas para caber nas 2h e 30 do filme, a Diretora quis deixar todo o enfoque para os protagonistas. Para quem leu o livro, quem joga Otoges no tema ou quem gosta de drama e romance sem comédia, eu recomendo o filme :)

Artista favorito da vez: Kirk Wallace

Nenhum comentário
Passeando por alguns blogs acabei encontrando esse tipo de postagem e achei super legal! De tempos em tempos farei algo assim (talvez uma vez a cada 15 dias), daí mantenho um grupo de referência e ainda divulgo esses portfólios que acho por aí de vez em quando <3

http://trzown.me/google-social-illustrations/

Bem, vamos lá então... Eu estava buscando brushes de "halftone" para uma ilustração que estou fazendo e acabei caindo na página de vendas do Kirk Wallace. Como não achei os brushes, decidi dar uma olhada pelo resto do site e, preciso dizer, foi amor à primeira vista <3

Ele tem uma galeria maravilhosa de desenhos de todos os estilos! Uma, inclusive, com bandeiras de países muito bem feita:


Ele tem um estilo muito simples, mas daquele simples complexo que eu adoraria ser capaz de fazer!


E, para quem gostou, na loja dele existem várias impressões e quadrinhos que podem ser comprados a preços realmente bons! Clique na imagem para ir direto para a loja :D


sábado, 21 de março de 2015

Tecidos de São Paulo para nova Coleção

2 comentários
Voltando ao tema da costura e dos tecidos maravilhosos que comprei enquanto estive em São Paulo!

Infelizmente eu tinha uma cota de 23kg para trazer na mala, daí não deu para comprar tudo o que eu desejava :P Mas, acho que deu para cavar muita estampa bonitinha para as próximas coleções da Poti * Poti (que em breve terá um site, prometo!)

Para boa parte eu já tenho modelos imaginados (geralmente, quando compro, eu já tenho em mente o que fazer com ele), mas estou aceitando sugestões, caso queiram dar :)

Enfim, aqui estão os tecidos:

sexta-feira, 20 de março de 2015

De volta à costura!

Nenhum comentário
Então... finalmente de volta à bela BH! <3
Isso significa que... sim! De volta também à costura! Só Deus sabe quanta falta eu senti de sentar na máquina, cortar pano, me estressar com o acabamento etc etc etc...!

Nesses dois últimos dias eu peguei esse vestido para fazer:


Já estava com o tecido separado e o corpo mais ou menos cortado, então achei que talvez fosse hora de aquecer :D (levou em torno de 12h pra ficar pronto \o/)


Lá em São Paulo eu visitei todas as lojas de tecido que pude, e comprei mil tecidos pra poder costurar! Estou decidindo me arriscar um pouco mais nos vestidos, já que até então eu só ficava no "safe mode". Vou listar alguns dos que já fiz até agora :D



Como dá para ver, até agora eu só fiz modelos beeeem simples e impossíveis de errar no corte e na costura, mas acho que por agora já devo ter prática o suficiente para tentar coisas mais elaboradas! (espero). 

Então, de hoje em diante estarei tentando gastar tooooodos os tecidos que comprei lá em SP! Desejem-me sorte, por favor! Hahaha e caso queiram comprar algo, só visitar a Poti * Poti <3